Como ter uma renda extra em tempos de pandemia ? Veja algumas dicas

ANÚNCIO

Atualmente, estamos vivendo em meio ao caos, devido a pandemia do covid-19, então como ter uma renda em tempos de pandemia, é a pergunta mais frequente!

Por outro lado, devemos ser perseverantes e ter a consciência de que tudo vai passar.

O que mais vemos de uma pessoa fora do mercado de trabalho é o desespero, e isso acarreta vários problemas em sua vida não só no financeiro mais também problemas pessoais.

Hoje o desemprego afeto cerca de milhões de brasileiros, isso é assustador pois muitos de vocês passaram, ou passam por essa situação.

O desemprego que afeta a vida dos trabalhadores causando desespero e medo são inúmeros, além de portas fechadas diante dessa crise de pandemia.

Assim, o medo de ser demitido ou não conseguir outra oportunidade no mercado de trabalho é bem maior. E caso tenha sido demitido, imagino que encontra-se sem ação.

Como ter uma renda extra em tempos de pandemia ? Veja algumas dicas

E automaticamente, vem no pensamento em como conseguir uma renda financeira no período de crise, não é mesmo?

Saiba que durante esse período pudemos constatar muitas empresas demitindo seus funcionários, por não ter condições de mante-lo com as portas fechadas.

Mas, você concorda que a maioria desses empresários estão sendo obrigados assim como todo país a fechar?

Ou seja, ao invés de contribuir até que tudo se normalize, estão se desesperando, afinal não é só os funcionários que necessitam de recursos, concorda?

Os empresários também necessitam estar com tudo funcionando para que não venha a falência sobre seus negócios, mais grande parte das pessoas não enxergam eles dessa maneira.

Ao encontrar-se diante dessa situação, os pensamentos primordiais devem estar em ordem, sabemos o quanto é complicado, mas tente!

Outro ponto principal que é necessário você entender, é que se apavorar não trará benefícios algum, nem para saúde física ou mental de cada indivíduo.

Alias, somente causara danos em sua saúde, Por exemplo: Baixa estima, depressão, transtornos de ansiedade e etc.

Regras básicas para orienta-los em tempos difíceis

A 1° dica é que você tente realizar a solicitação que o Governo está disponibilizando do auxilio emergencial, quem sabe não esteja dentro dos requisitos e consiga.

Estaremos deixando o link de acesso a plataforma para que possa orientar-se melhor.  Acesse o portal Auxilio Emergencial Caixa.

Porém, o mais importante neste instante não é ressaltar ideias para o desempregado, e nem aumentar mais o problema com soluções que não terá respostas corretas.

O essencial é entender que ficar desempregado neste período que o país se encontra em crises, requer um certo equilíbrio.

Independente de ainda haver oportunidades, essas estão cada vez mais concorridas e disputadas, então muitos acabam ficando de fora do mercado de trabalho.

Mas, é necessário esclarecer que existem soluções financeiras e psicológicas para todos os problemas, inclusive para o desemprego que afeta a vida de milhares de Brasileiros.

Desonra jamais!

Diante de tanta crise que nos vem trazendo espanto e resultando em pessoas que perdeu seu espaço no mercado de trabalho, tem trazido sentimentos de desonra para sua vida pessoal e familiar.

De maneira que a pessoa sente-se desonrada pela falta de ressignificação na sua vida social, além de ter que cumprir regras de isolamento social.

Não é nada fácil transformar completamente sua vida profissional, social e financeira do dia para noite, e principalmente por uma doença que está se alastrando por todo mundo.

O desejo de possuir bens, além dos que não conquistou desperta uma certa frustração acompanhado do sentimento de desonra.

Por isso é necessário manter-se firme diante essa situação, e jamais perder a ressignificação da vida, entenda que todos nós podemos passar por essa situação.

Portanto, sentimento de desonra jamais! Continuaremos esse artigo com as demais situações que envolvem o desemprego de maneira natural, com exemplos de como ter uma renda extra em tempos de pandemia.

Uma coisa é obvio, continue seguindo as principais dicas para quem ainda está desempregado, e procure manter-se sereno diante da situação!

Não se estresse!

Quando deparamos com as situações estressantes, onde os trabalhadores são desligados da empresa, causa tensão de sermos o próximo a ser demitido, não é mesmo?

Os sentimentos de injustiça causado no momento de ser desligado do seu trabalho são inúmeros. Então a frustração, o medo e a sensação de impotência são ocupadas durante este momento.

Portanto, ao se deparar com essa situação de ficar desempregado, se deixa levar a um alto nível de estresse que o leva tomar atitudes erradas, causando grandes confusões.

Não faça nada que futuramente possa prejudicar sua vida profissional, sem contar que dependemos sempre de outras pessoas para as realizações de uma carreira profissional.

ANÚNCIO

Não se estresse! Nesta situação a melhor coisa a se fazer é pensar nas consequências futuras, caso tenha uma atitude errada.

Não se culpe

Quando se deparamos com a realidade do desemprego, temos a sensação de estar “sem saída”, em outras palavras a pessoa senti-se sem utilidade.

Mas, no momento que se recebe a notícia que estamos incluídos nas pesquisas realizadas da taxa dos desempregados, temos o sentimento que tiraram de nós o chão.

Portanto, é necessário encontrar forças para conseguir se manter de pé diante da situação.

Os pensamentos de culpa e injustiça toma força nesta ocasião, deixando levar-se por sentimentos negativos que o faz pensar o motivo pelo qual está passando por esta situação difícil.

De forma que se culpar não vai trazer melhoras para suas emoções, então o melhor a fazer neste período é colocar os pensamentos em ordem e saber como vai agir futuramente.

Economize o máximo

O grande erro das pessoas ao ter a notícia que foi desligado do seu trabalho, é pensar como usufruir o dinheiro dos benefícios recebidos, gastando muitas vezes com coisas desnecessárias.

Portanto, ao receber os benefícios é necessário ter autocontrole com o dinheiro, pois neste instante será sua única fonte de renda, ou seja, será o norte para onde vai mostrar novo caminho a seguir.

Quando o desemprego bater, é essencial saber economizar o máximo, e manter uma disciplina econômica regrada, para que traga qualidade no período de crise financeira.

Não tenha dúvidas, esse não é momento de possuir bens materiais fora do orçamento. Como por exemplo: Automóveis, viagens e festas, pois o momento é de economia.

Nada de custos novos

Neste momento é necessário tomar cuidado com custos novos, para que não tenha dificuldade de pagar as dívidas e acabar acumulando-as, afim de não conseguir sair do vermelho.

No entanto não sabemos quando terá novamente a recolocação profissional, não é mesmo? Portanto, esperar uma oportunidade de emprego para melhorar a qualidade de vida é o melhor a fazer.

Conhecer seus orçamentos

Durante o momento do desemprego, é primordial conhecer da melhor forma seus orçamentos e as condições financeiras gerais, analisando quais os gastos necessários, além das contas fixas e pessoais para sobrevivência.

Por exemplo: Conta de luz, água, gás, alimentos, produtos de higiene pessoal e produtos de limpeza.

Portanto, não se esqueça de colocar cada gasto em planilhas para serem analisados, no presente momento, evitando assim dificuldades futuras.

Se acomodar jamais

Durante o momento em que as pessoas estão empregadas, nunca existe tempo livre, concorda? Principalmente para realizar afazeres que traz satisfação.

A grande maioria tem grandes projetos intermináveis, mais nunca possui tempo para realizar as tarefas mais simples do dia a dia.

Mas no momento que ficam desempregados, falta o desejo de realizar qualquer tipo de tarefa, não usando o tempo livre a seu favor.

A maioria fica estagnado nas redes sociais, vendo filmes e seriados e passando a maioria do tempo sem ocupação, que particularmente não vai agregar em nada na sua vida. Reflita!

Embora esteja em um momento difícil, jamais deve se acomodar com a situação que está presenciando, ou seja, não caia na rotina e deixe a vida te levar.

Pois, exatamente nesse período é preciso se atualizar com cursos novos, aprender novos idiomas, e se adequar para encontrar uma nova oportunidade de emprego.

Pela falta de oportunidades no mercado de trabalho, o número de pessoas empreendedoras vem crescendo cada vez mais.

Se desesperar não é a solução

Estar desempregado não é sinônimo de se apavorar, embora tenhamos que cumprir com as obrigações pessoais e financeiras que é exigida de nós.

As dificuldades que a maioria das pessoas encontram na vida no decorrer do tempo são superadas. Portanto é necessário abrir sua mente para novas oportunidades.

Não se desespere, pois manter-se calmo diante das afrontas que poderá ser enfrentada ao longo dessa jornada é o essencial da vida.

Realmente acredite que é somente uma fase ruim, e não será para sempre. Portanto, saiba que se desesperar só trará em sua vida mais dificuldades, as quais podem lhe trazer danos futuros muito maiores.

Para concluirmos, sabemos que o desemprego e a pandemia tem causado muitos transtornos em todo mercado de trabalho, mesmo assim procure adaptar-se a nova situação com mais leveza.

E quem sabe, pensando com calma não encontre um trabalho temporário, como renda extra para exercer do conforto da sua casa, não é mesmo?

Afinal, existem inúmeras plataformas que podem orienta-lo, de como ter uma renda extra em tempos de pandemia. Veja quais são!

Conheça os aplicativos de renda extra em tempos de pandemia.

Swagbucks;

EarnHoney;

InstaGC;

CashCrate;

PrizeRebel;

Esses sites internacionais citados acima permitem ganhos através de pesquisas, jogos, assistir videos e completar tarefas.

Analise cada um deles e veja qual poderá se adaptar melhor, afinal tem pessoas que só vivem disso, então não deixe a oportunidade passar. Pense Nisso!

ANÚNCIO