Como Negociar um Contrato de Trabalho Estrangeiro

Publicidade


Compreenda, através desse conteúdo como negociar um contrato de trabalho estrangeiro e analise todas as dicas aqui mencionadas!

Inicialmente, todos nós sabemos que trabalhar no estrangeiro traz enormes oportunidades de emprego principalmente para os jovens.

Além das inegáveis ​​vantagens profissionais, os trabalhadores que ousam viver e desenvolver a sua carreira noutro país ganham novas competências.

Além, de expandir suas redes e conhecer uma nova cultura, também enriquecem o seu perfil.

Mas, antes de se aprofundar e mergulhar fundo nessa ideia, é importante negociar um contrato de trabalho. Vamos ver como fazer isso…

Antes de iniciar as negociações, um preparo importante é pesquisar a fundo o país onde você começará a trabalhar.

Também, deve se familiarizar com a legislação trabalhista, o custo de vida, o sistema de saúde e as necessidades que devem ser atendidas durante a sua estadia.

Com as informações coletadas, você obterá um conhecimento inestimável sobre o ambiente em que vive, o que será crucial na negociação dos termos que você exige da empresa.

Mas, antes de se mudar para o exterior, você deve verificar e considerar alguns aspectos importantes.

Continue sua leitura e verifique cada um desses aspectos essenciais.

Como Negociar um Contrato de Trabalho Estrangeiro

Como Negociar um Contrato de Trabalho Estrangeiro

1° Certificado de Estudo

Dependendo da legislação do país de destino, o diploma obtido pode ou não ser válido.

Saiba mais sobre isso e se você precisa apresentar um certificado de estudo.

2° Visto de Trabalho

Cada país possui requisitos de visto específicos, com regras próprias e diferentes categorias de trabalho.

Visite o site da organização oficial do país onde deseja se instalar, para saber as condições e como obtê-lo.

3° Autorização Adicional

Em alguns casos, você também precisará ter uma autorização de trabalho que acompanhe seu visto e estará vinculada ao contrato que você assinar.

Nesse caso, na maioria das vezes, será administrado pela empresa para a qual você trabalhará.

4° Seguro Saúde

A cobertura do seguro saúde varia de acordo com o país. Em muitos desses lugares, você precisa de seguro saúde para trabalhar lá.

5° Implicações fiscais

Os tratados fiscais entre países são fundamentais.

Pois, dependendo do contrato, poderá ser necessário pagar impostos tanto no país de destino, quanto no país de origem.

Fique atento, isso é importante porque afeta diretamente seu salário líquido por dia.

Depois de saber disso, é hora de prestar atenção especial em alguns pontos.

Analisar e entender os tipos de contratos que eles oferecem

Cada país, e mesmo cada indústria dentro de um país, pode ter contratos de trabalho diferentes.

Porém, na maioria dos casos, dependendo das nuances de cada região, eles serão incluídos nos seguintes tipos:

Contrato permanente

É particularmente comum na Europa e significa que não tem uma data de término específica.

Contudo, em alguns países, é comum negociar quanto os trabalhadores receberão, se a empresa decidir encerrar os seus serviços.

Contratos de trabalho e de serviços

Está associado a um projeto específico e é comum em trabalhos mais técnicos.

O contrato terminará quando o projeto for concluído.

Acordo provisório

Cubra posições por um período específico e defina datas de início e término.

Em muitos casos, trata-se de conhecer antecipadamente a intensidade do trabalho durante vários meses.

Ou seja, de substituir profissionais que não poderão realizar o trabalho durante o período do contrato.

Contrato de treinamento

Geralmente são indicados para profissionais que estão prestes a concluir ou já finalizou uma formação.

Para que assim possa adquirir experiência profissional no exterior e aprimorar suas habilidades e conhecimentos.

Mas, por via de regra dura temporariamente e serve como um complemento prático ao próprio treinamento.

Contrato de Expatriado

É relevante para os profissionais e apresenta vantagens consideráveis ​​em relação a outros contratos para incentivar a sua contratação.

A empresa normalmente cuida de todos os trâmites burocráticos anteriores e muitas vezes inclui benefícios como incentivos fiscais, moradia ou ajuda com familiares.

Defina sua função e pergunte sobre possíveis benefícios sociais

Ao negociar um contrato de trabalho, é importante definir claramente o que você fará.

Isto é ainda mais importante se o trabalho for realizado no exterior, se possível.

Afinal, é de suma importância saber como negociar um contrato de trabalho estrangeiro.

Pois, o desconhecimento da cultura do país, possíveis limitações linguísticas e até mesmo a forma como a empresa funciona exige que você saiba claramente quais são suas responsabilidades e expectativas.

Assim, como desde o início, antes de assinar qualquer acordo, saberá se o cargo é o que realmente deseja e precisa.

Considere incluir possíveis planos de carreira

Trabalhar no exterior pode trazer grandes mudanças em sua vida, isso é obvio.

Dependendo se você deseja vivenciar uma aventura de curto, médio ou longo prazo.

Entretanto, deve avaliar se o contrato oferece possíveis modelos de crescimento dentro da empresa e do país.

E se a sua intenção é crescer dentro dos dois, solicite prazos para que possa ver o progresso da economia e o desenvolvimento dentro da empresa.

Se você trabalha para uma empresa internacional e pretende mudar de país dentro de um determinado período, é recomendável que preveja isso em seu contrato.

Aconselhamento jurídico

Antes de assinar qualquer acordo, é recomendável consultar especialistas em legislação trabalhista do seu país e do país de destino.

A legislação pode variar significativamente em cada país, e levar em consideração cada especificação do contrato pode evitar muitos problemas.

Aspectos como impostos relacionados à remuneração, se diferentes seguros obrigatórios estão incluídos no contrato em alguns países.

Ou indenizações em caso de demissão ou demissão voluntária devem ser revisados ​​por juristas.

Afinal, começar a trabalhar no exterior pode significar mudanças significativas na vida de qualquer pessoa.

Esta pode ser uma experiência emocionante que enriquece seu currículo e perfil de maneiras extraordinárias e incentiva sua futura carreira.

Mas, para evitar surpresas desagradáveis ​​e aproveitar ao máximo esse tempo profissional e pessoal, é importante que tudo fique claro.

Principalmente, durante o processo de negociação do contrato, tanto para você quanto para a empresa que passará a contar com você.

Em sumo, espero que tenha compreendido como negociar um contrato de trabalho estrangeiro.